sexta_feira Uso Inteligente das Redes Sociais

Uso inteligente das Redes Sociais

Comum acompanhar as redes sociais, e ver posts do tipo:

  • Sextou!!
  • #sextou
  • Sexta feira chegou
  • Chegou a sexta feira!!!
  • Amo sexta feira!
  • Bora sexta feira…

Interessante observar as manifestações nas redes sociais.

Fico olhando estes rompantes de alegria e me pergunto… O que será que os motiva a estar tão feliz porque a sexta-feira chegou? O que existe por trás desta manifestação?

Será que “ele” vai viajar? Será que detesta o trabalho? Será que vai ver a família? Será que tem uma festa? Será que apenas quer poder dormir até mais tarde? Será… será… será…

Pode ser tanta coisa… motivos tão distintos!!!!

Realmente as pessoas são tão diferentes, se manifestam de formas diferentes, implicitamente em suas postagens podemos perceber sentimentos tão diferentes.

Uns anos atrás, conversando com o diretor comercial de uma empresa, ele me contou que ao contratar pessoas para trabalhar em suas equipes, antes mesmo de examinar os currículos previamente selecionados pelo RH da empresa, ele entrava nas redes sociais dos candidatos. Alguns tipos de manifestações e postagens, eram suficientes para descartar aquele candidato sem nem ao menos olhar onde ele havia trabalhado, estudado, suas competências e tudo mais.

Num primeiro momento aquilo me causou uma certa estranheza – na época as redes sociais não tinham a força que tem hoje – mas depois, avaliando com calma e observando o desenvolvimento das redes sociais, entendo melhor a forma de pensar daquele diretor.

Eu gosto muito da arte de se comunicar, seja através de um texto, um filme, teatro, música, pintura… Aprecio todas!

E embora eu utilize minhas redes sociais profissionalmente, acompanho e gosto muito do caminho que a comunicação pode trilhar com o desenvolvimento da tecnologia, mas acho que é preciso fazer um trabalho no sentido de conscientizar e ensinar as pessoas a lidarem com os meios de comunicação que estão avançando junto com a vida digital.

Quantas vidas estão sendo expostas e até prejudicadas com o uso indevido de publicações. Quantos julgamentos baseados em verdades observadas parcialmente.

Por que não paramos para pensar de que forma nossas palavras vão ser encaradas?

Será que antes de clicar no “compartilhar”, nos perguntamos o que queremos com aquele texto.

Será que sabemos o QUE e QUEM queremos atingir?

Será que existe uma consciência quanto ao propósito que nos move ao expormos nossos pensamentos e sentimentos?

E veja, o que acho importante é a consciência em relação a todas estas questões, realmente não compete a mim discutir aqui a natureza das intenções de cada um. Claro, que para aqueles que desejam um mundo mais calmo e tranquilo, a natureza da intenção tem relevância FUNDAMENTAL. Mas independente disso, o importante é a consciência do que está sendo escrito e publicado, o que se pretende atingir, pois com esta consciência, cada um saberá arcar com qualquer consequência caso elas gerem desconfortos em você mesmo e nos outros.

Uma coisa é FATO. As redes sociais hoje em dia, são muito mais que um cartão de visita, elas falam muito da maneira como pensamos, o que gostamos e sentimos. Elas evidenciam preferências, satisfações e insatisfações.

De uma certa forma, tudo aquilo que publicamos, pode criar uma IMAGEM, definida por NÓS mesmos.

#gestaodetempo #produtividade #organizacao #vamosfalarsobre #planejamento #mentoria #mentoriaprodutividade #triadmentor #metas